Buscar
  • sermidiacomunicacao

Carta aberta sobre Nova Bandeira Vermelha em Curitiba



A Acomac – Associação de Comerciantes de Material de Construção de Curitiba, região e litoral e a Simaco – Sindicato Interestadual do Comércio de Materiais de construção, vêm por meio desta carta, externar o nosso repúdio ao lock down imposto pela Prefeitura de Curitiba durante doze dias de cerceamento das atividades comerciais. Quem gera impostos não pode ser penalizado!


Apesar de nossas insistentes tentativas por vias administrativas, enviando ofícios para a Secretária de Saúde, Prefeitura de Curitiba e Prefeitos da RMC, através da Assomec – Associação dos Municípios da Região Metropolitana, colocando-se à disposição para dialogar e para colaborar com medidas inteligentes e cabíveis, ainda assim, foi decretada bandeira vermelha até 9 de junho. Estamos aguardando se haverão decretos para a Região Metropolitana pois entendemos que de nada adianta o fechamento do comércio na capital, mantendo-o aberto na RMC onde constatamos o aumento da aglomeração nesses municípios.


Entendemos a gravidade do momento, mas também defendemos que toda a atividade que gera emprego e renda para o trabalhador é essencial para o sustento das famílias. Não aceitamos a atribuição de difusores da covid-19. As autoridades erram em não investir recursos na fiscalização de festas e atividades que proporcionam a aglomeração de pessoas.


O comércio não é responsável pelas aglomerações, pois mantém ambientes controlados, adotando os mais rígidos protocolos sanitários para a segurança dos consumidores e de seus colaboradores.


Há mais de um ano todos vêm sofrendo as consequências desta pandemia, com perdas irreparáveis e prejuízos financeiros enormes. Não aceitamos mais a gestão sanitária do improviso e sob critérios que já se revelaram ineficazes. Se o desconhecimento do vírus justificou atitudes intempestivas no início, o momento atual exige planejamento e responsabilidade.


As entidades não negam a gravidade da pandemia, mas pedem diálogo e respeito. A adoção de lockdown é uma arbitrariedade que só agrava a crise econômica levando ao desemprego, à fome e à miséria.


O momento é de luta pela vida e contra a covid, mas também pela sobrevivência dos negócios; com medidas restritivas, porém racionais e suportáveis.


É preciso unidade para que juntos possamos vencer essa pandemia, através de campanhas que constantemente temos realizado de orientações aos nossos colaboradores sobre os cuidados básicos de prevenção ao contágio da covid-19; campanhas de doação de sangue, doações de cestas básicas, entre outras ações que fazem a diferença no dia a dia das pessoas.


Somos a favor da vida, porém contrários às medidas injustas adotadas. É dever do Estado prover condições à saúde e segurança do trabalhador.


Em respeito a todos.

Acomac Grande Curitiba

Simaco Paraná

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo